O site está indisponível

A nossa rede de distribuição não chega ao Internet Explorer.

Aceda com: Google Chrome, Microsoft Edge, Mozilla Firefox ou Safari.

confirmar

Utilizações do gás natural

Produção de vapor e secagem

Diferentes utilizações

  • Produção de vapor
  • Economizar e recuperar
  • Secagem e Polimerização

Caldeira de tubo de água com vaporização instantânea

De pequena dimensão, oferece grandes capacidades de vapor. É de fácil instalação, podendo ser colocada diretamente nos locais de utilização. Apresenta um bom rendimento quando se recupera a energia contida na água extraída no separador e uma boa relação produção/atravancamento.

Gama de potência: 70 kW a 5.000 kW.

Rendimento: 90% do PCI.

Potência necessária: cerca de 700 kW por Kg/h de vapor.

Caldeira com tubos de exaustão

Os produtos de combustão restituem um máximo de calor, efetuando-se um percurso duplo ou triplo em tubos permutadores situados a jusante da câmara de combustão. Este tipo de equipamento disponibiliza um grande volume de vapor. Equipamento com a grande vantagem de implicar um pequeno investimento.

Potência de vaporização: até 20.000/25.000 Kg/h de vapor a 20 bar.

Potência total: até 18 MW.

Potência absorvida: cerca de 700 kW por 1.000 Kg/h de vapor.

Rendimento: superior a 90% do PCI.

Economizador
É possível instalar um permutador fumos/ água de alimentação da caldeira na saída do desgasificador quando a água de alimentação tem uma temperatura suficientemente baixa (inferior a 100ºC). Este sistema justifica-se, do ponto de vista económico, para caldeiras de elevada potência. O pré-aquecimento da água de admissão destinada a compensar as perdas dos condensados, pode ser assegurado por um segundo permutador colocado a jusante do economizador. Aproveitam-se, assim, ao máximo os produtos de combustão:

  • Ganho de 4% a 5% do rendimento;
  • Ganho de 12%, se a água de admissão for abundante e fria.

Recuperador de produtos de combustão

Consiste em arrefecer os produtos de combustão, aquecendo a ar comburente. A cada aumento de 20ºC na temperatura deste ar, corresponde um ganho de rendimento de um ponto. Obtém-se um ganho de 7% de rendimento, quando a temperatura do ar comburente é elevada a 140ºC utilizando gases de combustão a 220ºC.

Secagem por ar quente com gás direto (Râmola)
Um queimador linear, ou em cortina de ar, assegura o aquecimento direto do ar necessário à secagem dos produtos. Este equipamento proporciona uma extraordinária rapidez na elevação da temperatura, mantendo em simultâneo a homogeneidade das temperaturas. Possibilidade de responder a qualquer necessidade por justaposição de queimadores.

Caldeira de fluido térmico

Baterias de produção de ar quente são alimentadas por uma caldeira de fluído térmico. Utiliza-se um fluido térmico, como os óleos minerais e de síntese, que podem atingir temperaturas de ebulição muito elevadas (cerca de 350ºC) à pressão atmosférica.

A caldeira de pequena dimensão pode ser instalada junto do secador a alimentar. A caldeira de fluido térmico possibilita o alcance de altas temperaturas, com grande precisão de afinação, sem corrosão nem calcificação.

Queimador de cortina de ar

O aquecimento do ar é feito por mistura direta com os produtos de combustão. O queimador é colocado na manga ou na conduta de distribuição que serve de câmara de combustão.

Destina-se a todas as aplicações de secagem, dispondo de temperatura de ar de 20ºC a 750ºC.

As suas vantagens são:

  • Excelente estabilidade da chama e qualidade da combustão;
  • Controlo muito preciso da temperatura, através da modulação de 1 a 20;
  • Homogeneidade das temperaturas;
  • Inexistência de inércia;
  • Rendimentos elevados;
  • Economias de investimento;
  • Ganho de espaço (possibilidade de justaposição de queimadores);
  • Rendimento próximo de 100%.

Queimador Linear

Este equipamento é composto por dois tubos concêntricos de alimentação de ar e de gás. Estes fluidos misturam-se no nariz de injetores justapostos formando uma linha de chama. São ideais para secagem direta de têxteis e madeiras.
A potência deste equipamento é rigorosamente repartida por toda a superfície de queima. A modulação da potência de 20% a 100% permite um controlo muito preciso da temperatura.
Potência: 50 kW a 300 kW (PCI) por metro linear.

  • Queimador Linear com Largura de Aquecimento Variável

A obtenção de uma largura de aquecimento variável é feita por pistões que controlam a chegada de gás ao longo do tubo de alimentação. Destina-se, essencialmente, a aplicação nos têxteis, em cilindros de secagem.

Das características deste tipo de queimador destacam-se:

  • Regulação da largura de aquecimento;
  • Potência rigorosamente repartida por toda a superfície de queima;
  • Controlo muito preciso da temperatura, através da modulação da potência de 20% a 100%;
  • Regulação da largura de aquecimento até 3 metros. Potência: 50 kW a 300 kW (PCI) por metro linear.
  • Queimador com baixo teor de NOx

Os queimadores com andares de combustão asseguram uma concentração de oxigénio mais baixa na zona de combustão: a formação de NOx (óxidos de azoto) é reduzida em cerca de 50%, sem afetar o rendimento térmico.

Pré-secagem por painéis radiantes cerâmicos
A combustão de uma pré-mistura de gás, ao contactar com a superfície em cerâmica porosa provoca radiação na frequência dos infravermelhos. A gama de funcionamento varia entre 70% e 100% da potência instalada. Durante a fase de arranque e paragem, os painéis são ocultados por uma película de fibra cerâmica.

  • Capacidade de evaporação: 50% da água contida no tecido;
  • Alargamento da produção;
  • Baixo custo de exploração;
  • Limitação da migração dos corantes graças à homogeneidade de temperaturas em ambas as faces;
  • Diminuição da sujidade acumulada nos rolos do “Hot Flue”;
  • Consumo específico de secagem: 1,3 kWh/Kg de água evaporada.

Pré-secagem por painéis radiantes fibrosos
A combustão de uma pré-mistura a gás efetua-se à superfície de um painel fibroso, que irradia no espectro dos infravermelhos, sendo a superfície de emissão infravermelha ajustada em função do plano de desfiamento do tecido.

As vantagens deste equipamento são as seguintes:

  • Excelente qualidade de impressão: a radiação infravermelha limita a difusão dos colorantes das fibras;
  • Ganhos de produção introduzidos pelo conjunto da linha: 20% a 40%;
  • Rápido aumento de temperatura: 85ºC em 5 segundos na temperatura da superfície do emissor infravermelho;
  • Sem qualquer inércia à extinção da chama;
  • Adaptabilidade dos painéis a todas as superfícies;
  • Potência da superfície elevada: 140 kWh/m2 (PCI).

Cilindro polimerizador
No interior do cilindro polimerizador, painéis radiantes fibrosos são aquecidos a uma temperatura compreendida entre 100ºC e 200ºC. A regulação efetua-se pelo controlo de uma câmara de infravermelhos. Os cilindros polimerizadores permitem obter:

  • Excelente qualidade dos produtos;
  • Ótima homogeneidade de temperaturas;
  • Ganhos de produtividade introduzidos pelo conjunto da linha: 20% a 40%;
  • Rápido aumento de temperatura: 85ºC em 5 segundos na temperatura da superfície do emissor infravermelho;
  • Adaptabilidade dos painéis a todas as superfícies;
  • Potência da superfície elevada: 140 kWh/m2 (PCI).

Cilindro de aquecimento equipado com um queimador linear
O cilindro está colocado sobre 4 roletes para facilitar o transporte e guindagem. Está equipado, no seu centro, com um queimador linear de largura variável. Este sistema permite aquecer o cilindro sobre a largura exata pretendida sem provocar um sobreaquecimento. Proporciona:

  • Excelente transmissão térmica;
  • Economia de energia;
  • Investimento moderado quando comparado a uma râmola;
  • Economia de espaço;
  • Utilização flexível;
  • Capacidade de evaporação por metro de largura: 300 kg de água/h. Consumo: 1 kWh/kg de água evaporada.

Outras utilizações

Cogeração a gás natural

Uma aposta importante para a competitividade no setor industrial.

Aquecimento de ambiente

Diversas soluções para conforto a baixo custo.

Climatização a gás natural

Resposta a necessidades de aquecimento, refrigeração ou mistas.

Tem dúvidas?

Ligue 808 100 900 / 222 426 200 (Atendimento ao Cliente, dias úteis das 09h00 às 21h00).