O site está indisponível

A nossa rede de distribuição não chega ao Internet Explorer.

Aceda com: Google Chrome, Microsoft Edge, Mozilla Firefox ou Safari.

confirmar

Utilizações do gás natural

Caldeiras industriais

A produção de vapor e o aquecimento de água ou fluido térmico representam para o setor industrial os dois pontos de maior consumo de energia.

As vantagens do gás natural no abastecimento de caldeiras industriais

O gás natural apresenta-se como a melhor opção energética para o abastecimento de caldeiras industriais (existentes ou novas), quer pelas vantagens económicas (energia com menor custo por unidade) quer pelas vantagens tecnológicas do gás natural:

  • O rendimento global na produção de calor é um ponto forte do gás natural, permite:
  • recuperar o calor dos produtos de combustão que saem da caldeira para o aquecimento do retorno de condensados, da água de make-up ou do ar de combustão, para a produção de água quente ou ainda para utilizações de processo.
  • Em comparação com o fuelóleo, a utilização do gás natural permite:
  • aumentar o rendimento global de uma caldeira industrial (rendimento real médio em condições normais de exploração) na ordem dos 3% a 6%;
  • aumentar o potencial de recuperação de calor dos produtos da combustão: estes podem ceder calor até temperaturas muito inferiores, dado o seu teor de enxofre ser muito baixo (é possível a cedência de calor por parte dos produtos de combustão até temperaturas inferiores a 50ºC, envolvendo a condensação do vapor de água);
  • dispensar equipamentos auxiliares para armazenamento, pré-aquecimento, filtragem, e bombagem, com custos inerentes de instalação, operação e manutenção;
  • utilizar um queimador com um custo substancialmente mais baixo, pois é um queimador de construção mais simples.
  • Em comparação com o GPL, a utilização do gás natural permite:
  • dispensar armazenagem / reservatório, uma vez que o gás natural é distribuído através de canalizações.

De fuelóleo para gás natural

As caldeiras de fuelóleo com menos de 20 anos são quase sempre convertíveis para gás natural. Basta substituir o queimador, mesmo que a câmara de inversão posterior seja externa.

De propano para gás natural

A conversão consiste na adaptação do queimador para gás natural, que poderá envolver a substituição da rampa de gás e/ou a substituição do difusor. Normalmente o queimador é concebido para queimar GPL ou gás natural, sendo apenas necessária afinação.

Outras utilizações

Cogeração a gás natural

Uma aposta importante para a competitividade no setor industrial.

Tratamento de resíduos

Simples e rápido, contribuindo para a preservação do meio ambiente.

Produção de vapor e secagem

Soluções para grandes volumes de vapor.

Tem dúvidas?

Ligue 808 100 900 / 222 426 200 (Atendimento ao Cliente, dias úteis das 09h00 às 21h00).