O site está indisponível

A nossa rede de distribuição não chega ao Internet Explorer.

Aceda com: Google Chrome, Microsoft Edge, Mozilla Firefox ou Safari.

confirmar

Mantenha-se em segurança

Numa eventual situação de emergência em que suspeite de fuga de gás, cumpra de imediato as seguintes indicações

  • O que não deve fazer
  • O que deve fazer
  • Nunca faça chamas ou faísca (nunca use fósforos, isqueiros, etc.)!
  • Nunca acione qualquer interruptor elétrico ou campainha!
  • Nunca ligue aparelhos elétricos!
  • Nunca use o telefone (fixo ou móvel) dentro de casa!
  • Nunca tente fazer qualquer reparação!
  • Nunca use o elevador!
  • Areje de imediato o local, abrindo portas e janelas;
  • Feche as válvulas de segurança junto ao contador e aos aparelhos a gás;
  • Para pedir ajuda, ligue para a linha emergência gás da Portgás (800 215 215) utilizando um telefone, fixo ou móvel, sempre no exterior.

Supeita de fuga de gás?

Saia para o exterior e ligue imediatamente para a linha de emergência da Portgás 800 215 215 (disponível 24h por dia).

Cuidados essenciais para reforçar a sua segurança

Não deixe nunca de tomar as seguintes precauções:

  • Tenha em atenção a data limite de validade dos tubos flexíveis em borracha que ligam os seus equipamentos de gás. Substitua-os sempre, antes dessa data ser ultrapassada;
  • Verifique periodicamente o estado dos tubos flexíveis em borracha dos seus aparelhos domésticos a gás e substitua-os sempre que estes apresentem fendas, amolecimento ou qualquer outra anomalia (mesmo que ainda não tenham atingido o fim do período de validade);
  • Evite que os tubos flexíveis em borracha ou metálicos fiquem instalados por trás dos fornos, sujeitos ao calor. Dessa forma serão garantidas uma maior longevidade e a segurança da instalação;
  • Nunca tape as grelhas de entrada de ar exterior, previstas para efeitos de arejamento, nas várias divisões da sua casa;
  • Mande verificar periodicamente as condutas de evacuação dos produtos de combustão, assim como o estado de funcionamento dos seus aparelhos a gás;
  • Mande verificar periodicamente a sua instalação de gás, para assegurar o seu bom funcionamento. É aconselhável uma verificação a cada 2 anos para deteção de eventuais fugas. Utilize sempre empresas qualificadas para essas verificações.

Lembre-se que:

  • O gás natural, apesar de não ser tóxico, ao ser queimado produz gases que são impróprios para a respiração;
  • Em caso de fuga, e quando espalhado na atmosfera, o gás é passível de se inflamar, se atingir determinados níveis de concentração no ar ambiente.

É muito simples evitar estes perigos. Para isso, apenas é necessário que respeite as regras básicas de instalação e utilização de equipamentos. Quando a sua instalação de gás apresentar problemas, procure uma empresa credenciada pela Direção-Geral de Energia e Geologia para verificar ou alterar a sua instalação de acordo com a legislação em vigor.

Veja também...

Rearme do redutor

Saiba como deve proceder para rearmar o seu redutor.

Assistência técnica

Saiba como proceder no caso de uma avaria.

Inspeções

Conheça as diferentes inspeções e quando são exigidas.

Perguntas Frequentes

  • Como saber se a minha instalação está a funcionar corretamente?

  • Quais as entidades certificadas para prestar uma assistência técnica de gás no meu imóvel?

  • Quando é necessário fazer uma inspeção periódica?

  • Quais os cuidados a ter com o monóxido de carbono?