O site está indisponível

A nossa rede de distribuição não chega ao Internet Explorer.

Aceda com: Google Chrome, Microsoft Edge, Mozilla Firefox ou Safari.

confirmar

Utilizações do gás natural

Outras aplicações

As aplicações do gás natural na indústria são vastas. O gás natural apresenta-se, assim, como um parceiro ideal para a competitividade deste setor.

Roupa

Máquinas de lavar roupa:

Designadas pré-térmicas, as máquinas de lavar a roupa a gás natural são alimentadas com água quente proveniente de um esquentador ou de uma caldeira, o que garante logo à partida economias significativas relativamente aos equipamentos a eletricidade. Para que não se desperdice água quente nas fases em que se pode utilizar a água fria, as máquinas de lavar a roupa a gás natural estão equipadas com entradas separadas de água fria / água quente.

Máquinas de secar roupa:

As máquinas de secar roupa a gás natural funcionam com sistemas de circulação de ar quente. Estes novos equipamentos permitem alcançar tempos de secagem muito inferiores aos dos secadores tradicionais, com economias que podem atingir mais de 50% em cada lavagem.
Disponíveis com quatro tipos de temperaturas, arrefecimento progressivo regulável ao minuto e quatro programas de controlo de humidade, as máquinas de secar roupa a gás natural são uma excelente opção para as lavandarias.

Calandras:

Estão disponíveis no mercado vários tipos de equipamentos e soluções para calandragem e dobragem de roupa. De utilização fácil e segura, a velocidade de operação pode ser regulada, de acordo com a temperatura e a humidade residual do tecido.

Trabalho com chama

  • Maçaricos

Utilização da chama como utensílio:

  • Oxi-corte;
  • Enformação do vidro;
  • Refusão localizada;
  • Forte densidade de potência;
  • Baixo custo de exploração;
  • Potência sem limite teórico.

Micronização

  • Infravermelho a gás natural

Uma radiação infravermelha média é emitida por uma superfície radioativa levada a alta temperatura (850ºC a 1250ºC). A combustão de uma mistura ar/gás natural na superfície de uma placa cerâmica ou de uma membrana fibrosa permite aumentar a temperatura de suporte e transformá-la em emissor.

Este equipamento permite alcançar:

  • Pré-gelatinização do amido dos cereais e das proteínas vegetais;
  • Considerável densidade de potência;
  • Pouca inércia térmica;
  • Homogeneidade do tratamento;
  • Ausência de contacto com o produto;
  • Potência superficial de 175 kW/m2;
  • Potência total de alguns kW a várias centenas de kW.

Torrefação de café

  • Queimadores modulantes

A torrefação de café faz-se submetendo os grãos de café à ação do calor, provocando a libertação de gás, de aroma e de mais de 400 componentes.

A máquina de torrar café está normalmente equipada com dois queimadores: um para o aquecimento do ar de torra, através da utilização de queimadores modulantes com potências térmicas variáveis em função da quantidade horária de café, e outro para o tratamento ambiental dos produtos libertados na torra, de potência térmica normalmente inferior à do queimador da torra.

A utilização do gás natural, em substituição do propano, proporciona reduções de 30 a 60% nos custos energéticos anuais com a vantagem de o gás natural estar disponível 24 horas/dia e 365/ ano, evitando-se a necessidade de utilização de reservatórios e de outros equipamentos associados.

Fundição de aço

  • Forno rotativo oxigás

Este tipo de fornos apresenta-se como uma das alternativas ao forno de indução em substituição do “cubilot”, pelo facto de implicar um investimento reduzido e de proporcionar baixos custos de exploração e elevados níveis de automatização.

O forno rotativo oxigás permite a elaboração de todo o tipo de ferro fundido, com as seguintes performances:

  • Perdas ao fogo de 2 a 3%;
  • Recarburação possível por adição de grafite;
  • Ajustamentos metalúrgicos por ligas de ferro.

Tem como principais caraterísticas:

  • Excelente reprodutividade de ciclos;
  • Redução da emissão de poluentes [190 mg/m3 (n)]
  • Tempos de fusão muito curtos – 2 a 3 horas/carga

Capacidade: 3 a 25 toneladas
Potência: 700 kWh + 150 m2 O2 por tonelada

Fundição de alumínio

  • Fornos de fusão

Os fornos de fusão, de manutenção de grande capacidade, apresentam como principal caraterística a otimização de energia.

  • Fornos de cadinho

Para além de permitirem uma redução significativa a nível sonoro, os fornos de cadinho proporcionam a otimização das transferências térmicas.

Outras utilizações

Cogeração a gás natural

Uma aposta importante para a competitividade no setor industrial.

Aquecimento de ambiente

Diversas soluções para conforto a baixo custo.

Climatização a gás natural

Resposta a necessidades de aquecimento, refrigeração ou mistas.

Tem dúvidas?

Ligue 222 426 200 / 808 100 900 (Atendimento ao Cliente, dias úteis 09h00 - 21h00).