O site está indisponível

A nossa rede de distribuição não chega ao Internet Explorer.

Aceda com: Google Chrome, Microsoft Edge, Mozilla Firefox ou Safari.

confirmar

Perguntas Frequentes

Como podemos ajudar?

voltar

Quais os cuidados a ter na seleção e na manutenção dos equipamentos?

A seleção e manutenção dos equipamentos é essencial para uma utilização eficiente, ecológica e segura do gás natural. Por isso, é importante que:

  • Utilize apenas aparelhos a gás oficialmente aprovados que exibam a marcação de certificação em conformidade com a legislação vigente;
  • Prefira sempre os aparelhos com mecanismos de segurança mais avançados.

Instalação de equipamentos

A instalação de equipamentos numa cozinha deve obedecer aos requisitos indicados na ilustração:

 

Instalação de equipamentos numa cozinha com gás natural

 

Recomendações

  • O local e a instalação dos aparelhos a gás devem obedecer a requisitos específicos de ventilação e evacuação dos produtos de combustão [NP 1037-1; NP 1037-2]. Nunca tape as grelhas de arejamento previstas para o efeito.
  • Assegure-se de que a conduta ascendente de evacuação dos gases de combustão tem um troço inicial vertical com um mínimo de 2 vezes o diâmetro exterior da conduta, nunca podendo ser inferior a 20 cm.
  • A instalação destes aparelhos deve ser feita de acordo com a legislação em vigor e executada por técnicos credenciados.
  • Deve assegurar-se a existência de uma distância lateral entre os aparelhos de, no mínimo 40cm ou intercalar 1 separador.
  • É obrigatório utilizar tubos metálicos nas ligações de aparelhos a gás fixos [placas de fogão e esquentador].
  • A ligação com tubos flexíveis só é permitida para fogões, fogareiros e aparelhos móveis de aquecimento.
  • Apenas se pode utilizar tubo flexível de borracha devidamente aprovado e que tenha as inscrições IPQ-ET-107-1, a data limite de utilização e o nome ou marca registada do fabricante.
  • O comprimento de um tubo flexível de borracha não poderá exceder 150 cm entre a válvula de corte e o próprio aparelho. Para comprimentos superiores, as ligações deverão ser obrigatoriamente metálicas.
  • Deve utilizar-se braçadeiras metálicas para fixação dos extremos do tubo flexível de borracha de modo a garantir a sua estanquidade.
  • Os tubos flexíveis de borracha devem manter-se afastados de fontes de calor e não devem ser utilizados para pendurar objetos.
  • É proibido usar a rede de gás como ligação à terra de instalações elétricas.

Utilização de equipamentos

  • Não deixe que líquidos a ferver se derramem sobre a chama e a apaguem, ficando o gás a sair, podendo gerar uma situação de perigo;
  • Nunca deixe aparelhos a gás em funcionamento na sua ausência;
  • Solicite revisões periódicas, recorrendo a técnicos credenciados;
  • Em ausências prolongadas feche sempre as válvulas de corte geral. No regresso não se esqueça de rearmar o redutor.

Atenção!

O contador é o único equipamento da instalação de gás que pertence ao Operador de Rede de Distribuição. O proprietário ou o utente do imóvel é responsável pela manutenção e pela correta utilização dos restantes componentes da instalação de gás (tais como: caixas de corte geral e redutores). Tratando-se de um imóvel coletivo, cabe ao condomínio a responsabilidade pelas partes comuns e ao proprietário ou utente do imóvel a responsabilidade pelas partes individuais.
A existência de defeitos críticos nas instalações determina a suspensão imediata do fornecimento de gás.

Perguntas frequentes relacionadas

  • Quais as entidades instaladoras e inspetoras autorizadas?

  • O que é uma interrupção de fornecimento?

  • Fiquei sem gás natural. Quais os motivos que podem estar na origem da falha?

  • Como saber se a minha instalação está a funcionar corretamente?